Contos e crônicas

A RELATIVIDADE DO ANÚNCIO

O anúncio colado no poste e depois no outro poste e um outro mais além num outro poste, dizia assim: “Tarô, cartas, búzios. União definitiva de casais.” *

*E eu aqui, dentro da minha realidade e das minhas crenças (que diga-se de passagem são longas e se estendem por muitas e diversificadas fés) só posso pensar que definitivo ali seria não segundo os céus, mas segundo Vinícius: união definitiva enquanto dure. Assim acredite quem quiser. Afinal, tudo é eterno. Relativamente eterno.

 

 

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta