Contos e crônicas

16 anos

Não importa o quanto os anos passem. Em muitos momentos da vida eu vou ter para sempre 16 anos.
Vou me vestir de princesa e te ver chegar vestido de príncipe. Ou vou pegar a primeira calça cortada, a camiseta velha e, ainda vestindo, te ver chegar com aquela calça desbotada e a camiseta surrada.
Vou andar descalça e fazer planos para a paz do mundo enquanto escrevo poemas de amor.
Vou caminhar pela praia desenhando com os pés na areia o que as ondas vêm e levam continuamente. Vou sentir o cheiro do mar nos nossos cabelos e esperar o fim da tarde para voltar… voltar…
Vou me fantasiar de cigana e ler as mãos imprudentes. Vou acreditar que as coisas boas são as que acontecem sempre e as ruins os traços de união.
Vou cantar sem me preocupar com beleza de voz, te acompanhar e, enfim, apenas me deixar levar pela tua voz e teus acordes.
Vou ser feliz a cada instante lembrando os amigos com os quais rio e festejo nas noites e nos dias dos meus 16 anos. E ter a certeza de que pra sempre eles irão fazer parte da minha vida.
Mesmo que eu parta antes dos 100, ou mesmo da metade destes 100, os meus 16 anos anos estarão gravados em mim. E a beleza deles irradiará de meu olhar quando as lembranças florescerem espontaneamente. E um sorriso brotará. Como uma flor.

… One day in your life…

Imagem: Public Domain

Você pode gostar também de

1 Comentário

  • responder
    Rita
    15 janeiro 2016 em 16 h 38 min

    ….you remenber a friend… Que Lindeza amiga! Chorei!

  • deixe uma resposta