Família Poemas Textos

Vô Abelardo

Eu lia no olhar
Os gestos
A fazer
Sempre
Em todos
os instantes.
Adivinhar
Nos teus olhos
Nunca foi
mistério
teu jeito
sério
era sorriso
pra mim…

 

(Esta noite eu sonhei com o meu vôzinho, eu gosto tanto de sonhar com ele, tenho tantas saudades… desde 78!)

Você pode gostar também de

Sem comentários

deixe uma resposta